Eu sempre fui fascinado por filmes de vilões e personagens malvados. Há algo de interessante em ver o que motiva esses personagens a cometer atos terríveis de maldade. O meu filme malvado favorito completo é um filme que me pegou de surpresa com sua profundidade, complexidade e vilões cativantes.

O filme que eu estou falando é Joker (2019), dirigido por Todd Phillips. Este filme conta a história de Arthur Fleck (interpretado por Joaquin Phoenix), um comediante falido que se transforma no palhaço criminoso mais famoso de Gotham City, o Joker.

O que torna este filme tão especial é a análise de como os vilões são criados e como as scircunstâncias os moldam. Arthur Fleck é vítima de uma sociedade crua e injusta, e suas ações são justificadas pelo trauma que ele sofreu desde criança. Ele é um personagem muito complexo, que transcende o estereótipo do vilão unidimensional.

Outro aspecto do filme que me impressionou foi a atuação do Joaquin Phoenix. Ele mergulhou completamente em seu personagem, perdendo peso e incorporando a postura e as maneirismos do Joker. Sua performance rendeu a ele várias indicações e prêmios, incluindo o Oscar de Melhor Ator.

Além disso, a fotografia do filme é de tirar o fôlego. As cenas sombrias, a iluminação e a paleta de cores escolhidas para a produção fazem com que o espectador se sinta imerso no mundo sujo e depravado de Gotham City.

Por fim, a história do filme é bem construída e envolve o espectador desde o primeiro minuto. A trama não é linear e tem várias reviravoltas surpreendentes. Alguns personagens secundários também têm papéis importantes na história, tornando o filme ainda mais rico em detalhes e nuances.

Em resumo, Joker é o meu filme malvado favorito completo. Ele combina um roteiro incrível, boas atuações, excelente fotografia e personagens memoráveis. É um filme que vale a pena assistir mais de uma vez, seja pela sua complexidade ou pelos pontos de vista que ele faz levantar.