Desde o lançamento do primeiro filme, Meu Malvado Favorito, em 2010, a saga dos minions e do vilão Gru conquistou um espaço no coração do público. Não é de se admirar que a sua continuação, Meu Malvado Favorito 2, lançada em 2013, tenha chegado com força total aos cinemas do mundo inteiro.

A animação, que conta a história do engenhoso Gru (dublado no Brasil por Leandro Hassum), recebe acompanhamento de seres amarelos e um tanto atrapalhados, os minions, e suas três filhas adotivas, Agnes, Edith e Margo. Aproveitando o sucesso da primeira trama, a sequência explora ainda mais esses personagens em uma trama complexa, porém engraçada, que envolve um novo vilão e a suposta redenção do protagonista.

O filme tem uma narrativa simples, mas eficiente. O público é convidado a conhecer a nova rotina de Gru, que agora é empresário, ao mesmo tempo em que se depara com a introdução de um novo vilão. Com a pressão social para que ele se torne um cidadão comum, o personagem se vê em conflito interno, questionando o seu papel na sociedade. Enquanto isso, a filha mais velha, Margo, vive um romance e tem dúvidas sobre o amor paterno, Agnes é a fofura em pessoa e Edith, a adolescente rebelde, encontra nos minions seus aliados.

A expectativa é grande quando o público se depara com Eduardo, um ex-vilão mexicano que surge na trama e aparenta ser um velho amigo de infância de Gru. Entretanto, o antagonismo velado se desenrola, causando uma série de confusões que culminam em tensos momentos de luta no final. Diferentemente do primeiro filme, onde o vilão era mais caricato, Meu Malvado Favorito 2 tem um tom mais sombrio e intenso, ainda que mantenha as piadas infantis.

A qualidade da animação é sensacional, com cada detalhe técnico sendo muito bem trabalhado pela equipe da Illumination Entertainment. O desenho dos personagens, cores e expressões faciais são apresentados de forma nativa, e as animações das lutas são impecáveis. Além disso, a escolha dos atores para as vozes dos personagens, especialmente de Steve Carell e Benjamin Bratt, mostram o perfil de cada personagem.

Em termos de diversão, o filme promete muitas gargalhadas e momentos comoventes, principalmente nas cenas de Gru com suas filhas. Agnes é responsável pelos momentos mais fofos, enquanto os minions trazem uma pitada extra de humor com suas trapalhadas e linguagem própria. Na trama, a mensagem sobre a importância da família é bastante evidente, mostrando que o amor é o que realmente importa nas relações.

Já como entretenimento, Meu Malvado Favorito 2 não decepciona. O filme é um grande espetáculo para todas as idades e tem elementos para agradar todos os públicos, sejam as crianças, jovens ou adultos. Desafiando a ideia inicial de um vilão malvado, a saga de Gru e suas filhas vem ganhando ainda mais espaço no mercado cinematográfico, tornando-se mais do que um simples filme, mas uma obra com mensagem importante e muita diversão.